A identidade visual do MPI

MPInova_Final_2

Segundo o escritor chileno Pablo Neruda, todo movimento comunicacional possui um único objetivo: expressar quem somos. Nessa direção, a nova marca do Mestrado Profissional em Ciência, Tecnologia e Inovação (MPI) integra, em um único símbolo, a fluidez e a energia que o programa traz consigo. Em uma mistura de tons quentes e frios, o MPI expressa sua forma ágil e inovadora de pensar. Ao invés de seguir uma linha de pensamento que acolhe apenas o semelhante, reúne contrastes, investindo em todas as possibilidades de conectividade de saberes na construção inventiva.

Configurando-se como exemplo da premissa do escritor americano Steven Johnson ´de onde vem as boas ideias’, a criação da marca fluiu da conectividade e maturação de ideias da equipe da Assessoria de Comunicação e Produtora de Conteúdo (ComC&T) e dos professores do MPI. Essa união foi de extrema importância durante o desenvolvimento do Logo, pois cada opinião teve influência na sua construção, como por exemplo, na escolha das cores, da forma e do conceito.

Cor: o azul, presente no M, traz para o símbolo uma virtude intelectual, além de ser uma das cores mais admiradas pela população.

A combinação do laranja com o amarelo presente no P e no I simboliza uma chama que traz o ideal de inovação, que assim como o fogo busca expandir suas fronteiras.

O cinza do ponto do I retoma o metal presente nas ferramentas, que faz analogia a tecnologia do nosso cotidiano.

Forma: procurou-se mesclar formas retas com outras mais orgânicas. Dessa união surgiu a chama do fogo, com sua característica de atrair a atenção e se difundir rapidamente por onde passa, analogia ao desejo de disseminar o sentimento de Inovação nas Universidades. Também pode-se reconhecer o PI, “que retrata a Propriedade Intelectual, o Produzir Imaginativo, o Por por trás da Inovação e a lembra a ideia de evolução: contempla em si a relação entre o reto, o diâmetro, que é o lado quadrado que o contém e faz a ligação com o curvo, o círculo e o polígono de lados infinitos”, como cita o Professor Gláucio Brandão.

Conceito: com todas essas características, tem-se a Marca de um mestrado voltado para criação e produção de inovação, sempre visando a integralização da tríplice hélice, como também a expansão de um sentimento inovador e empreendedor nos centros dos saberes.

O Mestrado Profissional em Ciência, Tecnologia e Inovação

O Mestrado Profissional em Ciência, Tecnologia e Inovação (MPI) da Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) objetiva reunir e formar capital intelectual capaz de empreender e inovar nos ambientes da tríplice hélice (Universidades, Empresas e Setores Governamentais). Com a área de concentração ‘Gestão de Inovação e Informação’, o Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Inovação (PPCTI) possui duas linhas de pesquisa: Gestão da Inovação e Desenvolvimento de Tecnologias para a Inovação.
Na direção de ter egressos com habilidades inventivas, criativas e analíticas potencializadas, o MPI conta com professores das mais diversas áreas do conhecimento, afim de contemplar e relacionar variados saberes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *